6.12.16

[Resenha] Dois Caminhos, Um Destino

Autor (a): A. Britto
Editora: Clube de Escritores
Ano: 2013
Lido em: dezembro de 2016
Nº de Páginas: 204
Onde Comprar: CLUBE DE AUTORES
E-book recebido em parceria com a autora

 A única coisa que Simon queria com a família Michaels era vingança. Lucas Michaels havia matado sua irmã, e desde o dia em que perdera Kara, ele não parava de pensar em uma forma de conseguir justiça.Agora, a vida estava lhe sorrindo novamente. Leigh Michaels estava de volta à casa paterna, linda, jovem e inocente.Uma presa fácil para Simon e seus planos vingativos...

 DOIS CAMINHOS, UM DESTINO inicia-se com Simon King sofrendo e sendo rabugento pela perda recente de sua única irmã e família chamada Kara, morta num acidente de carro. Nos exames, foi constatado que havia em seu sangue substância entorpecente e ele atribuiu tal culpa a Lucas Michaels que era namorado de Kara.
 Ao saber que a irmã mais nova de Lucas está na cidade após anos longe de casa ele bola um plano para finalmente ter a vingança que sua irmã tanto merece.
 Leigh Michaels vive numa família que desde o seu nascimento a renegou. Ela crê que os motivos são simples e claros: ela matou sua mãe ao nascer e se parece muito com ela.
 Ao completar 6 anos, foi mandada para um internato e só via o pai e os irmãos em datas festivas até o momento em que passou a parar de visitá-los. Agora, passados 14 anos, ela está uma linda e decida mulher que retornou ao lar pela última vez para ter um veredicto se têm ou não espaço na família, se é ou não amada.
 Logo no início da obra, Leigh e Simon se conhecem e a atração é explosiva e intensa. Ela é uma garota ingênua que só viveu o mundo dentro de um orfanato e ele é um homem de 32 anos com uma carreira estabelecida. Leigh não entende e não vê motivos para ser cobiçada.
 No decorrer dos capítulos acompanhamos a evolução do romance que surgem entre os dois e confesso ter sentido uma certa rapidez no desenrolar dos acontecimentos.
 Simon é extremamente sensual e precisei beber água em certos momentos picantes mas com o passar dos parágrafos percebi que é o tipo de homem que mantenho um pé atrás em conhecer e evitava sempre em me envolver na época de solteiro. Ele é autoritário, possessivo, ciumento e camufla tudo isso em um véu de sensualidade e testosterona pura, fiquei chocado em ver a Leigh caindo como boba nos charmes dele, minha vontade era entrar dentro do arquivo PDF, balançar essa guria e dizer para se tocar que nada do que está vivendo é romântico! Que esse guri é doentio!
 Leigh é uma personagem muito doce, mas que me provocou pena de sua tamanha ingenuidade. Queria tanto ser amigo dela para aconselhá-la a se afastar de Simon. A forma como ele brinca com ela é tão disfarçado que me pergunto se a autora percebeu o personagem desprezível e egoísta que criou.
 O ápice da minha decepção total para com Simon acontece quando ele passa a perseguir Leigh tentando reaver o que é seu "por direito". Ele faz um jogo sujo de gato e rato dizendo que Leigh sabe que o quer e que não vai desistir deles dois, que não suporta ver outro homem a tocando. Para vocês terem noção ele ameaça um cara que estava com Leigh quando não tinha o direito para tal!
 Retirando essa personalidade explosiva e possessiva de Simon houve um grande fator que me chocou muito durante a leitura e tenho que compartilhar com vocês porque ignorá-lo seria como aceitar que tal ato aconteça:
 Simon não usou camisinha durante a primeira relação dos dois!!!
 Sei que isso é considerado um tremendo spoiler e lamento por isso, mas o FILHA DA MÃE NÃO USOU CAMISINHA COM  A LEIGH, E ELA ERA VIRGEM!
 Tal ato foi extremamente imprudente e não pode ser ignorado dentro de um enredo, ainda mais que no passar dos capítulos você percebe que tal reflexão sobre o ato perigoso não acontece em nenhum momento, Leigh segue desejando Simon e fazendo amor que nem adoidada. Vocês percebem que isso não pode ser ignorado? Que essa cena não deve ser considerada costumeira e normal visto que no nosso país há tantos casos de jovens que pegaram HIV logo na sua primeira experiência sexual por falta de proteção?
 Não sei se a Ariane Britto quis fazer uma crítica a essa cultura irresponsável e proposital de muitos homens, mas eu fiquei tremendamente chocado. Tive que passar a ler com mais cuidado depois da cena para procurar indícios sobre a preocupação dos personagens mas em nenhum momento posterior ao ato encontrei.
 Fico muito triste em ver que Leigh não foi uma mulher forte, que acabou se deixando ir pela onda do cara "perfeito", não colocando os defeitos da outra pessoa numa balança para medir o nível de caráter. A guria não tem nem amigas, se ela tivesse aposto que conversas sobre o assunto e relacionamentos teriam aberto a sua mente para a realidade do relacionamento que Simon estava mantendo com ela.
 Os personagens secundários são um show à parte, alguns te despertam o sentimento empatia, mas outros você não consegue sentir nada por falta de ligação, o enredo é bem focado nos protagonistas. Paul foi de longe o personagem secundário que mais senti carinho e vou guardá-lo no peito como um bom e fiel amigo. 😊
 A A. Britto tem uma escrita fluída, e isso não posso negar, o que proporciona uma leitura rápida. Ela soube muito bem usar toda a poesia ao seu favor para descrever as cenas picantes. Por vários momentos me peguei achando que estava na leitura de um soneto.
 A capa do livro é bem misteriosa e gostei disso. No decorrer do ebook notei diversos erros gramaticais e falta/acréscimo de acentos em algumas palavras mas que devem ser corrigidos numa segunda revisão da obra. Convenhamos que erros podem vir de montes na 1ª edição, cabe ao leitor avisar de tais erros. Os capítulos são curtos e se concluem no ponto máximo de tensão.
 Concluo deixando uma mensagem importante para os leitores de romances hot: nem todo personagem gostoso, sexy e que te deixa excitado(a) é uma pessoa boa, você tem que passar a analisar suas personalidades e reconhecer quando os mesmos são babacas. Não é só porquê são personagens fictícios que vocês devem aceitar as suas almas possessivas. Acredite, você não iria querer ter uma pessoa dessas do seu lado!
 Recomendo a leitura para aqueles que curtem romances hot e que buscam reflexões a cerca dos relacionamentos amorosos e suas ações maléficas. Fora ao relacionamento abusivo!

LEIA OUTROS POSTS:

16 comentários:

  1. oi ^^
    cara como te disse esses dias esse com certeza não é um livro que me atraí. muito erros, personagem se acha no direito de ser visto com o dono na menina e o pior ela acha isso incrível e se sente amada por isso dentre outras coisas .. wtf?
    vc foi muito corajoso pq eu teria desistido da leitura! sem contar que tem erros, deus me livre fico nervosa com erro. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. "Simon é extremamente sensual e precisei beber água em certos momentos picantes" se não tivesse o mas depois dessa frase, juro que eu já tinha ido ler (brincadeira). Mas não gostei nada da história, é como disse, não é porque o cara é o todo poderoso que ele é bom, vou passar essa leitura!

    ResponderExcluir
  3. Olha eu sou grande fã de eróticos. Mas há eróticos e eróticos, no início da resenha eu até fiquei curiosa mas depois desanimei. Erros gramaticais? Essa coisa de não se cuidar? Logo de primeira? Bom nada a declarar. A não ser meus parabéns pela sincera resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, parabéns pela tua resenha, uma pena a obra ter erros gramaticais, coisa que não suporto em uma leitura. Quanto ao livro, não é o gênero que eu aprecio.

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruno!
    Menino pareceu esquentar o tempo ai pra vc hein?!
    Bem, vamos lá a sinopse me deixou interessada em ler o livro.
    Mas as descrições dos personagens não me agradou, não gostei da menina muito ingênua e do cara arrogante e aproveitador, mais velho e irresponsável (onde já se viu não usar camisinha)! E que fim deu a tal vingança, vamos? Pode dizer, nem ligo para spoiler.
    Agora falando sério, não sei se leria por conta desses personagens.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Bruno tudo bem?
    Esse livro possui três características que eu amo: 1 é romance, 2 é hot, 3 tem uma leitura fluida. Apesar da sua resenha não ter sido muito favorável a obra, ela realmente prendeu a minha atenção, por isso vou ler sim. Espero não me decepcionar. beijos

    ResponderExcluir
  7. Hey! Com certeza vou deixar essa dica passar, rs. Primeiro porque é um livro hot e não leio essas obras +18 rsrs. Segundo porque achei já pela sinopse algo bem comum, o clichê. Então acho que a leitura não me agradaria. Flores no Outono 

    ResponderExcluir
  8. Olá Bruno tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não me deixou interesse, eu gosto de alguns hots,mas achei esse meio sem graça, parabéns pela resenha.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  9. Ponto negativo mesmo para a falta do uso de camisinha, ainda mais se hoje em dias os autores sempre se preocupam que os personagens o usem ou fiquem preocupados caso não usem. O enredo em si não me chamou muito atenção, não vi nada de diferente que me atraisse, fora a capa, que achei linda.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    A premissa é interessante, porém para mim ela apresenta vários pontos que não gosto em uma leitura como, por exemplo, a menina aceitar tudo que Simon faz/fala e achar que isso é amor. Essa ingenuidade me irritaria e outro ponto seria os erros, se tem apenas alguns não me incomodam, mas se começa a virar rotina na leitura tenho quase um ataque.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Bruno, tudo bem?
    A capa de fato é bem intrigante, mas no momento não procuro livros do gênero para ler justamente por esse esteriótipo típico dos livro que você chamou a atenção em sua resenha, um cara sedutor e extremamente possessivo. Sempre me questiono o porquê de ver tantas pessoas admirando personagens com esse perfil e acredito que na vida real devemos passar bem longe desse tipo.
    Adorei os pontos que você levantou em sua resenha e espero que a autora também perceba a necessidade de chamar a atenção para o uso de preservativos, que os personagens se preocupem mais com a situação para assim também servir de alerta para a vida real.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oie
    eu ameeeeeeeeei a conclusão da sua resenha e concordo totalmente, muitas vezes as pessoas ficam: ah ele é sexy e lindo, como se isso bastasse, muito boa a resenha e a sinceridade, parabéns

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Bruno, venha cá me dar um abraço hahhaha
    Amei sua resenha. Tanto que já compartilhei =D Você falou sobre muitas coisas importantes e eu super concordo. Tanto é que já divulguei a resenha porque eu sou dessas hahahhahah
    Eu não leria o livro de jeito algum já que realmente não gosto de livros eróticos. Mas depois da sua resenha, eu quero é distância hahhaha
    Personagem possessivo? Deusolivre hahahahhaha
    Transar sem camisinha na primeira vez? Deusolivre
    Pena que a autora não tenha tido muito cuidado com essas coisas, afinal a galera jovem lê muito esses livros.
    Os erros de português, eu até que perdoo. Mas esse machismo aí, não ´da pra mim :(
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Bruno, não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas gostei muito da premissa.
    É o tipo de livro que me agrada.
    Sinto te informar que infelizmente é normal as protagonistas virgens terem a primeira vez sem camisinha e o máximo de preocupação que tem é citar uma vez ou medo de ficar grávida ao invés de uma DST.
    Eu gosto de livro eróticos e concordo com você que devemos mesmo ter a noção de que não é porque o cara provoque mil sensações e seja um gato que você vai se jogar nele.
    Amei sua resenha, principalmente pelos questionamentos que você levantou.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?
    Não curto muito romances eróticos, mas, esse chamou minha atenção por esse questionamento de que nem todo relacionamento encontrado nesses livros é saudável (como você mesmo disso. Muitos deles são abusivos e é interessante o livro trazer essa abordagem.
    Outro ponto que te incomodou e que me incomoda muito nesses livros é a personagem - virgem ou não - fazer sexo sem camisinha e se preocupar só com gravidez. E o pior é que vejo várias pessoas esclarecidas que estudam com primas minhas, por exemplo, que tem vários parceiros e que só se preocupam com pílula do dia seguinte pq " o único problema é a gravidez". Acho que os livros deviam começar a mudar esse pensamento também, enfim!
    Não é um livro que tenha chamado minha atenção, mas, adorei sua resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Bruno...
    Leio muito romance erótico e, sinto dizer que é mais comum do que se pensa os personagens serem explosivos e/ou possessivos e que a camisinha raramente é motivo de preocupação - mesmo em uma primeira vez. E o pior? Na maioria dos casos, a preocupação quando surge é somente de uma gravidez e não uma doença "já que um cara sexy, lindo e todo blablabla nunca teria algo sério". Sim, porque é meio isso que passa e é uma verdadeira pena já que quem vê cara não vê DST...
    Enfim, esse é um ponto que nem teria chamado tanto a minha atenção, já que é bem comum... E por ser comum, pela sua resenha, o resto todo da premissa me pareceu igual a outras coisas que já li. então, é uma dica que eu leria se aparecesse a oportunidade, mas não é do tipo que irei anotar...
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para deixar o blog na ativa! :D
Não precisa deixar o link do seu blog, caso tenha, pois farei questão de retribuir a visita.
Boa leitura!