2.10.16

[Resenha] O Caminho das Estrelas

Psicografado: Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Espírito: Antônio Carlos
Editora: Petit
Ano: 2016
Lido em: setembro de 2016
Nº de Páginas: 256
Onde Comprar: SUBMARINO
Livro recebido em parceria com a editora

 O caminho das estrelas, novo romance do Espírito Antônio Carlos, psicografado por Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho, conta a história de Lenita, que desencarna ainda adolescente por causa de um câncer. Ao acordar na ala dos jovens no hospital da colônia Aprendiz do Amor, perdida entre as lembranças da vida encarnada, lembra-se de sua mãe lhe dizendo: Filha, quando você morrer, irá para o céu morar numa estrela.... Mas agora, na realidade da nova existência, busca compreender sua condição. O começo é difícil, pois seus familiares se desesperam e choram, afetando-a de forma negativa. Tudo muda quando os familiares de Lenita recebem um importante auxílio: o livro Violetas na janela. Após a leitura, eles passam a agir de modo diferente, enviando-lhe vibrações positivas. Ela pode, então, sentir-se tranquila.

O CAMINHO DAS ESTRELAS tem como a protagonista Lenita que desencarnou (morrer), o enredo gira em torno das impressões que ela tem enquanto se readapta ao plano espiritual.
 Para os leigos de plantão, a doutrina espírita explica muito de como é quando falecemos, quando alguém morre é falado que a pessoa desencarnou, saiu do seu corpo físico e foi guiada para uma colônia ou Umbral, depende de pessoa para pessoa. Não vamos tornar essa resenha uma discussão religiosa, okay?
 Lenita acorda num leito de hospital sem lembrança de como foi parar lá, sente o pesar dos seus familiares e isso a entristeci demais o que ocasiona em ser sedada. Logo, descobre que desencarnou e está sendo mantida dormindo para passar por essa fase triste para os encarnados pois sua recuperação depende da superação deles.
 Em vida, Lenita foi uma criança doente que acabou falecendo após tratamento de câncer que retirou todo o seu braço direito, mas ao desencarnar teve-o de volta, assim como seus cabelos.
 A recuperação dela é lenta e muitos são os questionamentos que lhe rodam a mente. Tudo é novo e surreal.
 No decorrer dos capítulos somos apresentados à Colônia Aprendiz do Amor, conhecemos alguns de seus habitantes e os conteúdos das aulas que Lenita passar a frequentar administradas por Daniel e Márcia. Muitos são as respostas para os questionamentos dos alunos, tudo é explicado e é enfatizado a não generalização dos fatos, cada caso é um caso e deve ser visto como tal.
 Presenciamos a recuperação dos familiares da Lenita que, após a leitura do livro Violetas na Janela, passam a transmitir fluídos de felicidade para a filha.
 Confesso que senti certa rapidez no desenrolar dos acontecimentos, os dias são passados através de poucas linhas e isso me incomodou, ansiava por mais detalhes do dia-a-dia da protagonista e não algo tão sintetizado. Aliás, a síntese é presente nos relatos pessoais dos personagens e isso foi algo que me desconectou, não fez apegar-me a ninguém.
 Muito é explicado sobre como funciona o plano espiritual e o porque das pessoas reencarnarem, isso sempre me fascina e poder ver o assunto muito bem explicado me alegra.
 Tem curiosidade em saber do que a doutrina espirita fala? Como é a explicação que eles dão para o mundo e o papel dos humanos na terra? Aconselho a ler O Caminho das Estrelas para ter um panorama geral. Não estou lhe pedindo que acredite no que escrevem/falam, peço somente que tente imaginar como seria se tudo o que o espiritismo acredita fosse real.
 A escrita é em terceira pessoa, o que permitiu explorar algumas cenas que pelos olhos da Lenita não conseguiríamos ver. Infelizmente, os diálogos são marcados em itálico, causando incomodo.
 Gostei bastante de conhecer a Colônia Aprendiz do Amor, ver a aceitação rápida de Lenita ao plano espiritual, reaprender sobre assuntos esquecidos dentro do espiritismo e ver no finalzinho do livro um encontro da protagonista com a autora Patricia de Violentas na Janela (essa foi a melhor cena de todas!).
 A capa do livro sem sombras de dúvidas é a mais linda que já vi na editora, as páginas são altas e brancas, a fonte das letras são grandes possibilitando uma leitura rápida mesmo com a cor branca das páginas e os diálogos em itálico. Os capítulos são relativamente curtos.
 Muito obrigado pela cortesia do livro, Editora Petit. ^^
 Para quem busca conhecer um pouco sobre o espiritismo sem sentir que estão lendo um livro religioso, O Caminho das Estrelas é a pedida certa.

OBS: livro lido para o Desafio I Dare You 2.0. <ITEM DE ABRIL>

LEIA OUTROS POSTS:

4 comentários:

  1. Acho a crença espírita linda de certa forma consoladora para quem perde um ente querido,mesmo não a seguindo religiosamente. A história parece ser bonita e esclarecedora,mas não consigo ler nada desse gênero,espero um dia conseguir vencer esse "preconceito".

    bjssss

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Bom, não é meu tipo de leitura, não curto livros espiritas e nem religiosos, gosto de ler literatura sem religião, pois tenho minha fé e minha opinião então nunca me sinto bem lendo livros assim, mas para quem curte é uma boa escolha!
    Parabéns!!
    Ótimo blog!

    ResponderExcluir
  3. Olá Bruno!
    Nunca li nada do gênero, somente livros da minha religião mesmo e como você indicou o livro
    para quem tem interesse em conhecer a doutrina espírita, e como é a visão deles a respeito do mundo e das pessoas vou passar a dica desta vez. Acredito que aqueles que gostam do gênero, vão gostar desse livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bruno!
    Confesso que acho fascinante essa, não sei como dizer, "teoria" da doutrina espírita. Já li "Violetas na janela" quando criança e me assustei um pouco, haha. Sempre me sinto desconfortável quando o assunto é morte, por isso passo meio longe de livros psicografados - até pq tbm não faz parte da crença da religião que acredito.

    Ainda assim, achei bem interessante, mas provavelmente me incomodaria com os mesmos pontos que vc. Amo leituras intensas onde posso me jogar e me conectar com os personagens e pelo visto isso não acontece aqui, né?
    Amei a resenha! Bjos! <3

    www.umdiamelivro.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para deixar o blog na ativa! :D
Não precisa deixar o link do seu blog, caso tenha, pois farei questão de retribuir a visita.
Boa leitura!