8.8.16

[Primeiras Impressões] Instituição Para Jovens Prodígios - A Seleção



SINOPSE:
 Do subúrbio carioca para uma instituição de jovens superdotados na Inglaterra, Lara Müller, uma adolescente com todas as frustrações e inseguranças típicas da idade, aprenderá que, para realizar seu sonho, são necessários sacrifícios. Deixando tudo de mais precioso para trás, nossa protagonista irá encarar uma nova realidade, muitas vezes assustadora...
 Quando Lara se deixa levar pela curiosidade e é atraída pelos novos ares de Sheffield, coisas ligeiramente estranhas começam a acontecer... Por que sente como se os alunos a conhecessem? Por que faz inimigos em tão pouco tempo? E, principalmente, quais os reais interesses dos mantenedores da poderosa Instituição para Jovens Prodígios? Com uma nova melhor amiga ao seu lado e um amor inesperado, Lara começa a acreditar que está ficando maluca...
 É normal um pombo se comunicar com uma garota?

 Para quem desconhece, o projeto Primeiras Impressões consiste em um autor disponibilizar uma parte do seu livro, os capítulos iniciais no caso, para degustação. Com isso, o blogueiro expressa o seu posicionamento com o enredo, se tem interesse em continuar a leitura e o que achou do enredo logo nos primeiros parágrafos. É uma forma muito legal dos autores receberem um feedback. ^^ 
 A L. L. Alves já é parceira velha aqui do blog então era óbvio que o PN não perderia essa oportunidade de ter um primeiro contato com a protagonista Lara. Lhes apresento minhas impressões:

 Lara é de uma família humilde que diariamente batalha para ter o que comer. Possuindo dois irmãos, Mário e Luana, ela é a mais velha do trio e está a beira de concluir o ensino médio.
 Sua mãe, Renata, era dona de casa enquanto que o pai, Joaquim, era empreiteiro em uma fábrica de automóveis. É apresentando brevemente a história de amor do casal e como a família Müller floresceu.
 Jéssica é a colega mais próxima de Lara na escola, mas fica logo evidente que a relação não é saudável. Já tive "amizade" como essa no passado e posso dizer que não me arrependo nenhum pouco de ter cortado vínculo.
 A dona Renata vê na televisão que a Instituição internacional - Institution for Young Proigies - decidiu abrir vagas para novos estudantes e que a mesma funcionará como uma universidade pública atendendo a jovens com renda baixa. Enquanto a mãe vê essa Instituição como uma oportunidade única para a filha, Lara fica extremamente intrigada. Ela sabe que em algo de errado nessa história.
 No decorrer dos quatro capítulos disponibilizados para degustação acompanhamos a preparação de Lara para a prova que permitirá a sua entrada na Instituição para Jovens Prodígios. E de quebra ainda vemos o começo - ou final, dadas as atuais circunstâncias - do seu romance com seu único amigo homem: Lucas.
 Gostei bastante de Lara principalmente pelo fato dela não ser popular na escola. O fato dela ser considerada nerd/cdf/geek me representou. Fora o pressentimento de que coisa boa não deve vir dessa Instituição internacional.
 Se eu quero continuar a ler a obra? MAS É CLARO QUE SIM!!!
 Quero ver como ficou o Lucas! E como será a vida de Lara ao passar no exame porque eu sei que ela irá.
 Convido a todos a adentrar o mundo que Lara Müller vive.
 Adquira o seu exemplar de Instituição para Jovens Prodígios em pré-venda clicando AQUI.


LEIA OUTROS POSTS:

0 comentários:

Postar um comentário

Muito obrigado pelo seu comentário, sua opinião é muito importante para deixar o blog na ativa! :D
Não precisa deixar o link do seu blog, caso tenha, pois farei questão de retribuir a visita.
Boa leitura!